pour toujours

18.1.12

Because I Heard It Screaming Out Your Name ♥


Escrevo-te de novo hoje, mais uma carta fantasma, a ninguém entregue.
É só para dizer que te amo. Ou amava. Sou ingénua, inocente e inexperiente. 
Mas escrevo, sem endereço, apenas endereçado. Tu.
Quantas palavras que pensei foram tuas e para ti! Eram como um som, que sempre tinha estado adormecido, mas que tu acordaste, com a tua voz doce, sussurrada ao meu ouvido. 
Mas depois, esse som cessou. Tu emudeceste. Eu ouvia apenas o teu silêncio. Costumava incomodar-me, custar-me a vida. Depois passou. Depois, mesmo que tivesses um "amo-te" preparado, eu não quereria ouvir tais palavras ditas pela tua boca. E ainda não quero. Mas o silêncio continua a custar-me, porque a melodia que eu repetia todas as noites na minha cabeça, era a tua voz. Não, ainda não me esqueci da sua sonoridade maravilhosa, da forma como pronuncias cada letra, como entoas cada sílaba, como terminas cada frase. Mas canso-me de repetir sempre as mesmas coisas. Não me dás nada de novo para que possa recordar.
Mas não faz mal. Talvez seja melhor assim. Para mim e para ti. Para nós. Ah, esqueci-me que esses morreram.


13 comentários:

nicolemorais disse...

haverá sempre um "eu" e um "tu", mas esse "nós" tem de fazer parte do passado para que tu consigas dizer que estás bem e és feliz! adorei, como sempre. e as tuas palavras ficam gravadas no meu olhar, só por serem tão belas e por mostrarem que tu és maravilhosamente boa pessoa <3

andreia silva disse...

adorei *

nicolemorais disse...

oh meu amor, achas que não sei que tens imensas e eternas saudades dele? achas que não? eu sei-lo. mas eu quero que sejas tu a dizer e que tu própria tenhas consciência de que não é por não dizeres que tens, que isso vai desaparecer de dentro de ti. é um sentimento tão normal, ninguém te censura... eu estou aqui, sempre. quero que hoje descanses bem, e eu vou fazer o que estiver ao meu alcance para te ajudar <3 Amo-te. e desculpa.

J disse...

Adorei ... Fez-me pensar em determinadas circunstâncias pelas quais passei! Estou a seguir o teu blog . Está muito bom . Continua (:

frenzi disse...

continua a escrevr tens muita imaginação. sigo <3

nicolemorais disse...

Não preciso dele, é verdade. Não preciso. Ou não quero precisar.

J disse...

De nada , e obrigada querida !!
Irei continuar a comentar :3 , adoro os teus textos *.*

anaf. * disse...

ó obrigada $:
eu sei , sempre que precisar eu venho falar contigo , mas eu fui buscar as minhas forças mais escondidas e sei que vou conseguir . Apesar de ser eu e ele , eu ainda me lembro do nós e muitas vezes ainda me sai isso :s

frenzi disse...

tens razão , muita razão. na verdade não sofre por mim , mas mesmo assim eu preciso dele,e sofro sempre por ele.

simple writer disse...

oh adoro este minha linda!

J disse...

Ohhn que fofinha :D , obrigada . Ficarei à espera :')

J disse...

Ainda bem !! :3 , Desejo-te tudo de bom mesmo <3

Jun disse...

que palavras doces, princesa <3