pour toujours

21.3.12

Take That Body Downtown ♥


Estava tudo tal e qual como deixara. As cadeiras estavam arrumadas da mesma forma, o mesmo guardanapo sujo estava sobre o balcão da cozinha. A torneira continuava a pingar as mesmas gotas de água por minuto. A falha na tinta da parede do quarto não tinha aumentado nem sido corrigida.
Ele tinha razão. Ela nem daria mais pela sua existência. Ele prometera-lhe que seria como se nunca tivesse existido. 
Mas a verdade era que ainda existia. Mesmo não se notando. Mesmo que ele tivesse feito tudo para que o coração dela não doesse mais, após ter ouvido as suas palavras.
Ele ainda permanecia na mente dela, tão vivo como quando o vira pela última vez. Ainda conseguia sentir o sabor da sua boca e o seu cheiro continuava impregnado no nariz. Ele ainda vivia. Então, porque tinha morrido? 

18 comentários:

nicolemorais disse...

a escrita que nunca perde a sua beleza <33

nicolemorais disse...

correção: sincera!

sophie disse...

claro que tenho :)

inês disse...

adoro as tuas palavras neste texto.
e obrigada tbm pelas tuas palavras no que me disseste, foi óptimo saber que há alguém por perto a sentir o mesmo ou parecido.. obrigada!

Marta'Santos disse...

Adorei**

anaf. * disse...

oh princesa obrigado *-*
sabes bem que adoro a maneira como "conjugas" as palavras , escreves mesmo bem !

S disse...

Adorei! Está Lindo :)

Ivy disse...

chama-se angel e é do jack johnson:)

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

óhhh,está lindo!

Ana Margarida disse...

Está perfeito, completamente! Adorei

márcia ♥ disse...

obrigada minha querida ! acredita que isto vai passar, com o tempo tudo se cura *.*

Ana Margarida disse...

Muito obrigada, minha querida <3 por todas as palavras

Ana Margarida disse...

És uma querida! :')

Ana Margarida disse...

Nada disso, meu doce *

Ivy disse...

obrigada *.*

Ana Margarida disse...

Sendo assim, muito obrigada, flor! Vou tentar, depois de jantar, meter uma janelinha com menssager no blog e se conseguir, temos de conversar por lá ihih

patrícia disse...

escreves tão bem!

Anα C . disse...

Gosto imenso do blog, vou seguir :)