pour toujours

18.3.12

Nothing Lasts Forever ♥



Sentou-se na cama. A casa estava silenciosa, talvez deserta. O único vestígio de que estaria possivelmente alguma alma dentro daquelas paredes era o ligeiro movimento do seu peito, ao respirar. Dizia possivelmente, porque tudo poderia não passar de um pesadelo e ela afinal não estar... adormecida. Na escuridão da qual não mais se despediria. 




05.03.2012

10 comentários:

APENAS PALAVRAS disse...

É SEMPRE LINDO VER UMA CENA DESTA....ONDE A MULHER NA SUA MAIS PURA FRAGELIDADE CONSEGUE NOS PASSAR ALGO TAO BELO E ENCANTADO DE DIANTE DA MAGNITUDE QUE FORA FEITA.....BJ LINDA UM BOM E UM ÓTIMO INICIO DE SEMANA.

márcia ♥ disse...

que lindo *.*

nicolemorais disse...

oh, tuu <3

Cinda disse...

Obrigada querida, adoro (:

beatriz. disse...

já apareces, obrigada por todas essas tuas palavras valem muito acredita, eu nem sei que te dizer, digo um obrigada que vale mesmo muito!

nicolemorais disse...

oh meu amor, obrigada. a sério, AMO-TE! <3 estou aqui sempre! já imaginei e oh, soube bem :')

márcia ♥ disse...

obrigada querida *-*

Cinda disse...

De nada querida (:

S disse...

Até faz arrepiar *.* Gostei muito :)

sophie disse...

que bom e muito obrigada :)