pour toujours

2.2.12

Who Will Fall Far Behind? ♥


Ela já não sabia o que fazer. Revirava-se na cama há horas. Parecia que todas as mágoas lhe tinham afluído à mente num só momento. Não aguentava mais. 
Levantou-se. Olhou para o relógio que ele lhe tinha oferecido no dia dos namorados. Marcava 5 horas e 7 minutos. Foi para a cozinha e preparou uma chávena de chá. Pôs-lhe 4 colheres de açúcar. Não suportava chá amargo. Enquanto bebia o chá de cidreira, o seu favorito, enrolada numa manta, olhava pela janela. Apenas um pensamento habitava a sua mente exausta: por que é que ainda tinha aquele relógio na mesa de cabeceira? Por que é que ainda não o tinha deitado fora, assim como ele tinha deitado fora o seu coração? A resposta era simples. Ainda o amava. Esperava que ele voltasse com o seu coração. Mas ela não o queria admitir. Dia após dia, tentava convencer-se que aquele relógio estava lá apenas porque ela gostava dele. Porque o seu engenho a acalmava. Mas na verdade, era porque no som dos seus ponteiros, podia jurar que ouvia o bater do coração dele. Podia jurar que o amor dele não tinha morrido, simplesmente estava confinado naquele relógio, e ele (ainda) não o sabia.
Deu por si a pensar no que ele estaria a fazer naquele preciso momento. A dormir? Ou talvez estivesse a fazer tudo menos dormir. Talvez estivesse com ela. Talvez lhe estivesse a prometer tudo aquilo que um dia lhe prometera a ela. Por um momento, desejou poder avisá-la que tudo o que ele lhe sussurrava eram palavras vãs, juras de amor traiçoeiras, e que ele iria acabar por destruir o seu coração. Mas talvez não fossem. Talvez ele amasse mesmo a outra. Talvez ele acabasse por ficar com ela, e por uma vez, cumprir a tal promessa do "para sempre".
Quando acabou o chá, eram quase 5h30. Mas deixou-se estar a observar aquilo que via da janela.
Os primeiros raios de sol iluminaram a cozinha. Iluminaram também os seus olhos, vermelhos do cansaço, e as olheiras profundas que os rodeavam. 
Levantou-se e foi até ao quarto. Olhou  de relance para o relógio. 5h53. Quase 6 da manhã. Tinha de conseguir dormir. De repente, sentiu algo diferente. Sentia a casa mais vazia, mais abandonada. Conseguia ouvir a própria respiração. Conseguia ouvir as lágrimas que lhe escorriam agora pela face abaixo. Deitou-se na cama, e assim que os seus cabelos tocaram o tecido claro e macio da almofada, adormeceu. Um sono profundo. Sem sonhos, sem choros. Simplesmente dormiu.
Quando acordou, olhou para o relógio. Ainda marcava as 5h53.  

22 comentários:

dianadíaz ! disse...

muito obrigada, princesa! adorei ;)

nicolemorais disse...

revejo-te tanto nestas palavras. que tola, foste tu que as escreveste... mas tu entendes-me. adorei, mas também qual não é o texto teu que adoro? <3

Maria João Cardoso disse...

gostei :)

Joana Filipa disse...

de nada PRINCESA, e muito obrigada tambem :$

Maria João Cardoso disse...

de nada :)

andreia silva disse...

gostei *

J disse...

Mais uma vez, amei!!
Continuo sem palavras , apenas te digo para não te deixares ir abaixo por um amor que não te faz feliz !! Irá aparecer alguém , alguém que te faça sorrir e que te ame da mesma forma! Adoro-te princesa <3

dianadíaz ! disse...

muuuuuuuuuuuuuuito obrigada, princesa *-*

silver disse...

queres linda? <3

nicolemorais disse...

já não sei, meu amor, já não sei.
é bom, tu sabes :) amo-te sempre!

Aurora disse...

Adorei imenso <3

Aurora disse...

Porque eu quero é que te preocupes ctg e fiques bem, pq também não andas bem, não é assim? E oh, tenho muitas recaídas como esta e perco sempre a vontade de viver. Vou ser forte, vou tentar, e contigo ao meu lado é muito bom. Obrigada, também estou aqui contigo para tudo. Beijinhos na alma <3

J disse...

Oh princesa , sabes perfeitamente que amo os teus textos e amo a tua forma de expressar os sentimentos !! E esta não será a ultima vez , com certeza , de que irei ficar sem palavras!! :D
Juro , adoro-te <3

P* disse...

não agradeças minha linda*
este post está espectacular :)

Saraaaa * disse...

obrigada princesa! :)
desculpa só responder agora ao teu comentário, mas vida de estudante é dificil :p

may. disse...

e eu quero muito ajudá-la!

Chrissie disse...

muito obrigada pelas palavras, a sério, querida (:

EBA ☮ disse...

Será que algum dia irei encontrar o caminho de volta? s: Eis a questão ... :x

EBA ☮ disse...

Cada vez está pior :x

nessa disse...

está lindo, oh meu Deus!

Ednaa' disse...

Adorei, sem palavras :X
Revi-me neste texto, já me aconteceu inúmeras vezes isto, acredita que me poseste com as lágrimas nos olhos :S
infelizmente nem todos os momentos da nossa vida podem ser perfeitos e é à noite que mais tempo temos para pensar naquilo que não devemos...

Ednaa' disse...

Acredita, poseste-me a contar as vezes que que já me aconteceu ficar acorda noite inteiras ou se adormecia acordava a chorar, por pesadelos ;S