pour toujours

22.9.13

I Love You Like a Love Song ♥


Não sei já que vocábulos dirigir-te. Não sei até que ponto as variações melódicas da minha voz ainda te conseguem mover. Sei, com uma sofreguidão dolorosa, que te amo. Sei que amor verdadeiro não morre e que as madrugadas continuam a ser nossas com a mesma intensidade. Apesar de todos os obstáculos e deste nosso amor platónico, eu sou o teu grande grande amor, tal como tu és o meu. Tal como a candura da tua voz continua presente cada vez que me diriges uma palavra que seja. Eu sei que ainda guardo o teu coração nas minhas mãos. E eu sei que se a nossa história realmente tiver todos os capítulos que lhe adivinho, não morreremos assim. Revejo cada passo nosso num amor cinematográfico. Daqueles que toda a gente vê como impossíveis. Mas tu próprio sempre fizeste questão de me lembrar que poderíamos fazer tudo o que quiséssemos, que poderíamos viver todas as aventuras de um filme, porque não passávamos de meras personagens guiadas pelo amor. A razão talvez estivesse do teu lado, porque agora, depois de tanto tempo, sei que o nosso guião não pode acabar assim. Sei que ainda me amas. E quanto à nossa vida numa película, eu queria vivê-la numa hora e meia e tu querias que eu fosse feliz. Para ser feliz, só preciso de ti e de uma boa banda sonora.

14 comentários:

Rosinha disse...

Então tenta. Tenta com força que tudo volte a construir-se porque se tens plena noção que um amor como o vosso não morre, é porque não morre. E se ainda se amam ao fim de tanto tempo é porque, talvez, o vosso amor mereça tantas oportunidades quanto as melodias que vos suportam no passado tão presente para os vossos corações. Tenta.

Lúcia disse...

muito obrigada princesa. de facto, depois de ler este teu texto reparei que o meu e o teu têm algo em comum: o amor nunca morre. é a verdade. se o amas tenta. aliás, se o amas, consegue. porque o amor consegue tudo.

Lúcia disse...

venha quem vier, não há nada melhor

Catarina. disse...

adorei, princesa e espero que esse que sejam felizes

Renata disse...

Adorei o texto, simplesmente lindo!

Tiz disse...

Adorei, está lindo!

Rosinha disse...

Então faz isso, aos poucos. Mas faz. Não deixes morrer. :)

Jun disse...

Conta-me as novidades meu doce! Apaguei o facebook!

Lúcia disse...

entropia é uma palavra bonita, até :)

B* disse...

adorei o texto* espero mesmo que sejam felizes! se é isso que querem, lutem pelo vosso amor. desejo-vos imensa sorte (:

Renata disse...

Muito obrigada princesa, fico feliz por saber que gostaste :)

Catarina. disse...

R: E vão ser, torço por vocês

Muito obrigada, princesa, é sempre bom saber <3

- Ariana Barbosa . disse...

amei completamente, está lindo. Espero que ainda sejam muito felizes.

Jun disse...

Esqueci-me de te ligar!!!! Conta-me JÁ