pour toujours

11.9.13

I Never Meant To Start A War ♥


Não compreendo o meu coração. Nem a forma como as atrações cósmicas funcionam. O universo troca-me os passos a cada chance que tem. Atira-me o passado para o presente e carrega-o até ao futuro. Deixa-me nostálgica até com os segundos que se deslindam neste preciso momento. Afinal, o que é tudo isto? Ao fim de meses sem o mínimo de contacto, sem o som da tua voz e o brilho do teu olhar, falas comigo. Será que sabes tudo aquilo que eu não queria que soubesses? Será que sabes que estive com ele? Será que sabes que estive com ele mesmo quando te amo com o todo o meu coração? Agora que já não tens nenhuma delas do teu lado, sentiste a minha falta. Agora que estás tão só como eu estive durante cinco meses agoniantes. Agora, a nostalgia e a saudade fizeram-te uma visita. Boa sorte. Já vivo com elas há mais de seis meses. Tudo porque ainda te amo. Descobre-me. 

10 comentários:

Margarida disse...

queria dizer-te algo mas não consigo... perdoa-me

Ana Margarida disse...

Ele ia acabar por falar contigo. Força!

Catarina. disse...

Tem força, há amores que nunca morrem, por muito que queiramos

andrii disse...

que se passa, minha Margarida?

Catarina. disse...

Lá está, se ainda se amam lutem um pelo outro

Margarida disse...

não consigo dizer-te qualquer coisa sobre aquilo que escreves... apenas sei dizer que é maravilhoso!

s. disse...

por vezes faz-nos bem errar, para podermos aprender :)
obrigada querida, entrei no que queria*

1893 disse...

acho que as músicas que estão aqui combinam demasiado bem com o blog. e obrigada.
escreveste este texto no dia 11 de setembro, porque um avião voltou para colidir com a tua torre e mexer demasiado contigo. gosto de ti assim.

Lúcia disse...

talvez nunca venha a saber

Lúcia disse...

obrigada princesa!
"O universo troca-me os passos a cada chance que tem. Atira-me o passado para o presente e carrega-o até ao futuro. " adorooooooooooooooooo