pour toujours

21.8.13

I Don't Wanna Be Nowhere But Here ♥


Tentei cumprimentar-te de forma agridoce. Tentei escapar e fugir às tuas inúmeras tentativas de captar a minha atenção. Mas chegaste, tomaste-me nos teus braços e não me largaste mais. Entregámo-nos à noite quente e adocicada que nos conduziu os corpos à colisão. Eu queria fugir de ti. Queria terminar a nossa história de amor nova iorquina de uma vez por todas, mas cada átomo em mim estremecia com a tua respiração. Não me deixaste falar. Colaste os teus lábios aos meus no primeiro segundo em que me viste, mesmo ali, à frente de todos. Estavas sôfrego, alienado do que estava à tua volta. Querias-me no momento e querias que cada segundo fosse eterno. Passámos a noite a tentar matar o desejo e a sede que tínhamos um do outro. Guardei os gritos mudos do teu nome no meu peito e preferi calar a voz com os teus lábios. O meu corpo elevou-se do chão e o meu abrigo passou a ser o teu colo. Beijaste-me. Beijei-te. Apeteceu-me dizer que estavas diferente, mas decidi reprimir esse pensamento e deixar todos os outros fluírem. Nada nos para. Afinal, histórias como a nossa não acabam do nada.

14 comentários:

Inês disse...

"Querias-me no momento e querias que cada segundo fosse eterno." - adoro. está magnífico, escreves lindamente. e que essa sede um do outro nunca termine.

Cláudia Ribeiro disse...

" O meu corpo elevou-se do chão e o meu abrigo passou a ser o teu colo. Beijaste-me. Beijei-te. Apeteceu-me dizer que estavas diferente, mas decidi reprimir esse pensamento e deixar todos os outros fluírem. Nada nos para. Afinal, histórias como a nossa não acabam do nada. " - encantas-me completamente, adoro.

Cláudia Ribeiro disse...

obrigada eu meu anjo!*

Margarida disse...

sim, todas as histórias de amor têm um fim mas histórias como a vossa não acabam do nada - tal como tu o dizes

andrii disse...

juro que não nos compreendo, doce... isto é uma história de amor, sem amor. ou com um amor mascarado, melhor dizer. eu sei que o sentimento está lá, porque sempre esteve, por parte de ambos, mas não está à tona e também não o queremos trazer à superfície.. lá está o nome do blog "ama-me sem me amares".

Catarina. disse...

e agora, princesa o que se segue?

Jun disse...

Não tenho palavras! Adoro a tua paixão e adoro-te a ti meu coração! Não desistas disso, não o faças se te deixa realmente feliz. Não imaginas a minha felicidade ao ler-te! A melhor coisa que eu fiz foi aproximar-me de ti outra vez. Obrigada por tudo! Quero mais, vou explorar-te, espero que não te importes... E quero acompanhar de perto o rumo desse vosso amor que parecia proibido

agnese disse...

igualmente, adoro.

Mariana Duarte disse...

ora essa obrigada eu ^^

Catarina. disse...

talvez o tempo vos responda a isso, princesa

nicolemorais disse...

Enjoy <3

Jen disse...

Simplesmente WOW :o

dan. disse...

linda, peço-te que deixes de me seguir e voltes a seguir de novo. os meus posts não aparecem no feed dos meus "antigos" seguidores

Margarida disse...

eu compreendo! mas neste momento, não consigo dizer-te mais nada a não ser isto, desculpa <3