pour toujours

15.8.13

Time After Time ♥


O meu corpo anseia tanto por ti quanto o meu semblante cansando suplica por um café bem forte, sempre com adoçante, nunca açúcar. És o meu café forte. Bem, melhor dizendo, és o meu absinto em chamas. Deixas um rasto de emoções em ebulição. Ferves o meu corpo nas tuas mãos. Beijas a alma que sobra e sorves o veneno dos meus lábios quentes. É tudo uma história de querer e poder. É uma história de posse. É a melhor história que já vivi. E por isso, termina no dia em que regressares. Valho muito mais do que aquilo que fazes parecer. Não sou a outra. Sou muito melhor que isso. Não te condeno. Teria de me condenar a mim também. Ambos cedemos à tentação, ao calor e à luxúria. Não me arrependo de nós por um único segundo. Não me arrependo da nossa história de amor nova iorquina, mas é tempo de a terminar. Sem lágrimas, sem vazio, sem tristeza. Não te amo, sinto-te, meu amor-perfeito.

16 comentários:

Renata disse...

Está perfeito!

Margarida disse...

uma história como a vossa não acaba aqui...

andrii disse...

Achas, princesa? Porque dizes isso?

Renata disse...

Não tens de que. Muito obrigada princesa!

Catarina. disse...

r: a minha escola nunca foi normal ahah. e muito obrigada, princesa <3

as coisas nunca acabam assim, querida ..

agnese disse...

obrigada!

Margarida disse...

claro que acho! minha linda, já olhaste bem para aquilo que tu escreves? para o amor com que o escreves? para a intensidade com que o escreves? se já, não te atrevas a dizer-me que vocês acabam assim

Jun disse...

Tenho orgulho em ti, tenho mesmo e estarei a teu lado corra como correr. Adoro-te, adoro-te!! Princesinha, as tuas palavras sabem-me a tudo, já te tinha dito?

The Princess Without Heart disse...

Olá, como vocês sabem deixei o meu blog já á algum tempo.
Mas decidi criar outro porque sinceramente não consigo viver sem escrever. A única diferencia é que não está em anonimato.
Espero que gostem, se seguirem digam me para eu poder ver os vossos :)
Beijinhos,

http://lovelydreamms.blogspot.pt/

andrii disse...

Oh, minha Margarida, acho que todas as grandes histórias de amor têm de ter um fim. Temos é de perceber quando é que esse amor nos mata mais do que nos faz viver.

Catarina. disse...

eu acho que se aquilo que vivem é assim tão intenso, não acaba, mesmo que queiram.

Patrícia Monteiro disse...

as melhores histórias de amor por vezes começam assim, gostei bastante :)

Joo disse...

É bom e ao mesmo tempo mau sentir isso, não é? <3

agnese disse...

mil obrigadas outra vez!

Catarina. disse...

percebem que precisam mais um do outro do que aquilo que julgam

Mariana Duarte disse...

estou a seguir ^^