pour toujours

17.4.12

Living Young And Wild And Free ♥


Sabes o que fizeste? Fizeste com que eu passasse a acordar todos os dias sentindo a tua falta. Sonhava com o teu regresso praticamente todas as noites, e isso foi-me matando aos poucos. Sei bem que se te dissesse que tenho mais saudades tuas do que vida, provavelmente chamar-me-ias de louca, mas é verdade.
Tenho saudades do teu cheiro. Da maneira como me chamavas à Terra quando eu teimava em divagar. Como nunca me querias deixar ir, e pedias sempre só mais um beijo. Tenho saudades de quando me pegavas ao colo, de quando me beijavas à chuva. Quando dizias que teríamos de ter uma casa de ferro e um filho chamado Martim. Quando não me querias deixar sozinha na net, porque tinhas o medo irracional que alguma coisa me acontecesse. E o que é que eu te dizia sempre? "Descansa, estou com a Nicole"... Tudo isso, todas essas pequenas coisas que fazias... Quando ralhavas com os teus amigos por quererem testar o meu limiar da dor. Tenho saudades do teu cheiro, a tabaco e perfume que ficava sempre impregnado no meu casaco. E daquela vez em que estava a chover e me levaste para a arcada de um prédio só para que pudesses beijar-me sem que eu começasse a tremer  de frio? Quando quase me fizeste chorar e a minha voz enrouqueceu quando me olhaste nos olhos e pela primeira vez me disseste "amo-te". Onde foi tudo isso parar?
Eu? Eu continuo com tudo isso guardado no meu coração. E a única coisa que te poderia pedir seria que voltasses para mim, que voltasses a unir as nossas vidas. Ou a tua vida com aquilo que sobra da minha. Eu amo-te, e amei-te como nunca amei ninguém antes. E já tentei ser feliz sem ti, já, muitas vezes, mas não consigo. Há sempre algo que me puxa de novo para ti e para a tua aura. É mais forte do que eu. 
E eu preciso de ti. Preciso das tuas mãos sempre quentes, para aquecerem as minhas, sempre geladas. Só preciso de te ouvir cantar Daughtry e Bruno Mars, enquanto andamos por aí. Só preciso disso. Só preciso de ti. E as saudades apertam, muito mesmo, e eu não posso fazer nada, porque ainda que aqui estejas tu, não estás. Está o teu corpo, mas a tua mente já não pensa em mim a toda a hora. A tua voz já não diz o meu nome e os teu lábios já não suplicam por só mais um toque dos meus. Tu seguiste em frente, coisa que eu não fui capaz de fazer, e por isso, aqui estou. "I'm just a woman, standing in front of a man, asking him to love her", sabendo que isso é impossível. Sabendo que ele já não a ama e já não precisa dela. Só queria que soubesses que eu ainda te amo, que eu ainda preciso de ti. Que eu ainda te quero para mim. Sonho pelo dia em que digas que (ainda) sentes o mesmo. Aguardo pelo dia em que me chames de tola e me digas que tal é impossível. 
E com todas estas palavras, com tudo isto que tinha guardado para mim, digo-te um "adeus" meio sussurrado, a medo. Mas não faz mal, porque eu sei que vou ficar bem. Porque embora as minhas palavras sejam fracas em som, são fortes em significado, e isso basta-me. Eu amei-te. E agora, desculpa-me, mas vou ali ser feliz.

22 comentários:

nicolemorais disse...

(digo-te por mensagens a verdadeira reação, mas:) está lindo! maravilhoso, perfeito. estas palavras bateram-me, completamente. amo-te, tu és forte e vais conseguir <3

戴安娜 disse...

Sabes? Nem mais, és forte e vais conseguir enfrentar tudo isso.

Mariana disse...

adorei mm *-*

Ana Oliveira disse...

Muito obrigada minha querida. Eu quando voltar da escola, venho ler esta, sem falta.

Ana Oliveira disse...

Oh meu deus, está lindo! O que tem que ser, mais tarde ou mais cedo, forçado ou não, acaba por acontecer querida! Seja ele voltar ou tu seres feliz à tua maneira.

Maria Inês Rodrigues disse...

vamos la então minha linda <3

-M. disse...

eu identifico-me com algumas partes deste texto e confesso que me vieram as lágrimas aos olhos, até a " E as saudades apertam, muito mesmo, e eu não posso fazer nada, porque ainda que aqui estejas tu, não estás." depois desejei ver-te feliz e espero mesmo que isso aconteça. Agora o mundo parece estar a cair para mim mas como tu disseste isto vai passar mais cedo ou mais tarde, eu vou conseguir, tu vais conseguir, NÓS vamos conseguir <3

Mariana * disse...

ADOROOOO **

Rosinha disse...

Luta por seres feliz! Todos conseguimos :D
(Adoro a música, o Pedro Abrunhosa é um dos meus idolos.)

Maria João Cardoso disse...

com ele é tudo perfeito :$$

Mariana disse...

De nda querida *-*

戴安娜 disse...

Oh obrigada.
Sim é meu amor. <3

sophie disse...

obrigada querida:)

Rosinha disse...

A sério? Que fixe *-*
Se precisares alguma coisa, podes contar comigo. Agora vai ser feliz :)

Ana Oliveira disse...

Ao início não gostei muito mas entranhou-se.

Ana Margarida disse...

Está lindo, lindo, lindo e tu és forte, vais superar tudo isto! ♥
P.S.- Muito obrigada por todos os teus comentários que me aquecem a alma, meu anjo.

Ana Oliveira disse...

E quando gostas a sério, não há forma de voltar atrás.

Mariana * disse...

Obgggg fofinha **

m. disse...

eu recebi um pouco do que aqui escreveste :p. i miss you! <3

Maria João Cardoso disse...

tu escreves mesmo bem :o

Ana Margarida disse...

Ora, digo-te o mesmo, querida.

Maria João Cardoso disse...

não não é o: