pour toujours

19.4.12

Darling Don't Be Afraid ♥


Hoje apetece-me, invariavelmente, dar asas àquilo que paira na minha mente.
Vivo rodeada por toda uma amálgama de sentimentos. Tão depressa estou feliz, como destruída. E odeio estar destruída. Odeio não ser capaz de apreciar a chuva que me escorre pelo corpo. Os arrepios de frio que me percorrem. Apenas sinto o torpor e a dormência, como se não existisse. Como se tudo o que me conjectura não se encontrasse aqui, e o meu engenho cessasse os seus batimentos. Ou desejasse desesperadamente fazê-lo. "Não tenhas medo", digo a mim mesma, "Tudo vai passar. E se não passar, mata-te". 

17 comentários:

nicolemorais disse...

sim, tudo vai passar, sem que seja necessário esse final.

nicolemorais disse...

então que tire isso da mente, uma luzinha está aqui <3

Ana Margarida disse...

Vai tudo passar, meu doce, és tão forte!

sophie disse...

obrigada!

nicolemorais disse...

mas, representações à parte, ela pode ser feliz outra vez. sem mentiras, sem farsas.

Estilo Hedónico disse...

A adolescencia leva-nos a pensar em tudo!! vive a vida...sempre com uma felicidade enorme!!! :)

http://estilohedonico.blogspot.pt/

xoxo

m. disse...

sim, a última frase então ... adoro! :p
mas tens de meter sempre morte nos teus textos, doce? arg, tenho de ir aí puxar-te as orelhas.
falas a sério? (em relação ao meu texto)

Bruna Andresa disse...

acredita, é tão perfeita! <3

Diana Garcia disse...

Gostei (:

caroline pipi disse...

adorei o blog, sigo *

Mel disse...

muito obrigado querida

Maria João Cardoso disse...

querida és tu o:

Laura disse...

Olá querida, vem ao meu blog(http://infinitely-infinity.blogspot.pt/) e participa no meu concurso :) Beijinhos

-M. disse...

vou tentar princesa, e olha vai tudo passar eu sei que vai, acredita em mim .
somos lindas, diz antes <3

Diana Garcia disse...

Muito obrigado querida (: Sigo de volta! (:

m. disse...

mas tu és um docinho tão lindo! devias por doçura nos textos e não amargura, tz.

sophie disse...

obrigada querida!