pour toujours

28.3.12

Well Shit At Least You Tried ♥



Não, não fora isso que prometera a si própria.
Prometera ao seu coração que iria deixar de doer. Que ouvir o seu nome já não causaria nenhum tipo de dor ou angústia. Prometera a si mesma deixar fora do seu coração aquilo que ainda restava dele, e seguir o seu próprio caminho, sem nunca mais se lembrar daquilo e de quem lhe tinha em tempos mutilado o coração, quase aniquilando os seus batimentos indefinidamente. Prometera. Assim como prometera manter-se no desapego. Mas não consegue. Não consegue deixar de sentir um arrepio cada vez que ouve o seu nome. Não consegue retrair uma lágrima cada vez que se engana, e se refere a ele como seu. Não consegue reprimir um esgar de dor cada vez que o vê, ao longe, e decide, para seu próprio bem, não se aproximar. 
Independentemente de tudo isso, continua feliz. Talvez seja algo novo, alguém novo, que teima em pousar no seu coração, e tocar-lhe a alma. Talvez seja um simples brilho no olhar que a deixe feliz. Talvez seja o início do fim. Talvez seja apenas um percalço, e que o seu caminho continue escrito, nas ruas do esquecimento de quem, no fundo, já não se lembra. Nem que seja porque esse ser já não está lá, e deu lugar ao epítome do  ódio renegado, maltratado e proferido entre dentes.

25 comentários:

Rute Amaral disse...

muito bonito (:

NádiiFilipaa ♔ disse...

Não tens nada de agradecer fofinha ;D

-M. disse...

hmm, não tens de agradecer, só disse o que pensava , e quero o teu melhor, só isso <3
eu também :$
outro texto maravilhoso!

anaf. * disse...

os teus textos são todos maravilhosos !

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

tu escreves taãããããão bem :o

-M. disse...

obrigada eu, meu amor <3

-M. disse...

e os teus também, minha linda. <3

Catarina Santos disse...

estranho, vou deixar de seguir e voltar a por para ver se já apareço!

exagero nada, gosto mesmo muito da tua escrita, é mesmo muito bonita :)

-M. disse...

e tu és muito linda, e eu também gosto muito de ti ahah <3

Ana. disse...

ora essa , nao tens de agradecer

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

olha que não é :)

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

ñ tens que agredecer :)

Ivy disse...

que bonito

Rute Amaral disse...

obrigada, linda (:

Mariana disse...

Que texto liiiiiindo *.* *o*

ana minhalma disse...

estou a ver que todos gostaram, menos eu ;-; mas é claro que fico feliz por vocês gostarem ♥ quero tanto neworgiov

nicolemorais disse...

oh meu amor, eu prometo-te que vais conseguir esquecer. e não tem mal prometeres a ti própria uma coisa que depois se demonstra mais difícil do que pensavas. juro-te, isto vai passar, tu vais ultrapassar.e eu estou aqui contigo, como sempre <3

Ana Margarida disse...

Gosto tanto de te ler, de ler essas palavras doces, com tanto significado. Está maravilhoso :)

Jun disse...

linda és tu <3

Jun disse...

tudo doce, tudo!

Jun disse...

aiii meu docinho, estas a fazer-me corar!

Ana Margarida disse...

Muito obrigada, meu doce, é bom saber.

black swan disse...

oh muito obrigada querida :)

Jun disse...

Ohhhhh <3 oh doce, passado!

Jun disse...

Oh doce, era um rascunho antigo, não quero nem saber!