pour toujours

4.9.12

And As You Move On, Remember Me ♥


Quem me dera poder dizer a quem perguntasse, que a ausência do amor não me afecta. Que um dia sozinha é apenas mais um dia de liberdade. Mas o meu coração começa já a sofrer de arritmias temporárias. De períodos de tempo em que teme ficar sozinho. Tem tanto medo da solidão como uma criança pequena tem do escuro. Esta ausência, esta carência de amar e ser amado enfraqueceu-o. E os meus lábios sentem-se sozinhos. As minhas mãos, geladas e o meu corpo, hirto e desprovido de sentimento.
Tenho saudades de estar apaixonada. De estar verdadeiramente feliz, digo. De ver as cores com uma intensidade mais forte e não de as esbater mais e mais a cada dia que passa. E custa-me tanto ver que toda a gente à minha volta consegue avançar e juntar o seu coração ao de outra pessoa, mesmo depois de tudo o que já sofreram. Custa-me a vida saber que sou a única ainda sentada no chão da estação, enquanto todas as almas que me circundam já estão felizes. E acredita em mim, coração, quando te digo que, sem forçar, tenho tentado encontrar a droga perfeita que cure essa tua arritmia. Mas não há nada. Foi como disse: Todos os comboios já deixaram a estação.
Vá, fica por aí no chão, à espera que alguém te segure nas suas mãos e não te deixe cair. Só te aviso que a arritmia pode ser fatal.    

18 comentários:

Maria João Cardoso disse...

será que podes passar pelo meu blog de fotografia e clicar no "gostei" se gostares das fotos? obrigada (:

nicolemorais disse...

Oh meu amor, quero-te forte. Não vais morrer por causa disto. Prometo-te. Isto passa. Tu vais encontrar a pessoa certa, mas a seu tempo.. não te sintas caída nem perdida no chão, por favor. Estás sozinha só nesse campo, porque nos restantes, tens muita gente contigo! Que te amam. Eu amo-te. Muito.

Aurora disse...

Quero-te bem e feliz. Corre em busca da felicidade <3

Cláudia Ribeiro. disse...

Óh princesa, o texto está lindo. Mas, tens que ter muita força, és forte. Garanto-te que a pessoa certa para salvar esse coraçãozinho vai aparecer. Não te canses a procurá-la, deixa que te surpreenda. Nunca estarás sozinha, lembra-te disso! <3

Catarinaf disse...

decidi fazer um (re)começo do meu blogue e adorava que passasses por lá e deixasses a tua opinião, obrigada! ps: vota na minha sondagem, beijinhos :)

*AM* disse...

um dia vai ser a tua vez de seres muito feliz, não desistas :)

Joo disse...

É a fase que não sabemos o que é melhor nem pior querida :s <3

Daniela Ramos disse...

Tens sempre que tentar te levantar e seguir em frente. Beijinho :)

nicolemorais disse...

Eu hei de ficar bem.
Ahahah, chorar? És tão tosca!
Uma tenda.....? hum xD i'll not answer xD

Mafalda Sofia disse...

Mais um perfeito, não é? És linda, não te esqueças. E não te esqueças que estou contigo. Sempre.

nicolemorais disse...

Com todas essas palavras, rendi-me. Tens toda a razão. E só espero que eu possa fazer esse texto, um dia. O mais sincero. O mais feliz. O mais verdadeiro. E que estejas cá para o ler. Amo-te, obrigada por tudo <3

Mariana * disse...

Adorei mil, e identifico-me*
Tens que ser forte, é quando menos esperamos que as coisas acontecem :)

B disse...

Gostei muito do texto, mas...sê muito forte*

Mafalda Marques disse...

Foste nomeada por mim para " Liebster Blog Award "
http://forareasonn.blogspot.pt/
beijo (:

Jun disse...

Por onde andas, meu amor?

*AM* disse...

Obrigada linda :)

Jun disse...

Fala-me desse amor doce... Eu estou por aqui... Vai passar

Nina disse...

Para curar a saudade de amar, é necessário ter paciência devida. E tolerância quanto a espera do outro, que também deve estar à sua procura.
Abraços.