pour toujours

30.8.12

Say You Remember ♥

Sentia-se como se o Mundo lhe fugisse, cada vez que respirava. Era doloroso, quase inexplicável. Sentia um buraco negro no peito. Um vazio que preenchia a sua mente. E pelo meio desse vazio, pairavam inexplicavelmente as preocupações com a sua vida. Ou com a sua morte. Nunca estivera tão perto da vida como agora, e observava como dia após dia, a vida ia desistindo de si. Por mais que ela lutasse, gritasse e corresse para se agarrar a ela. Agora sim, via o quão desesperante isso era.

53 comentários:

joana ; disse...

tão doloroso e tão bonito ao mesmo tempo!

joana ; disse...

de nada, fofinha*

Cláudia Ribeiro. disse...

Está tão lindo o: Escreves tão bem.

Lia disse...

muito obrigada! <3

Daniela Castro disse...

escreves com tanto sentimento! gostei*
p.s. não tens nada que agradecer :)

Joo disse...

Desculpa princesa, tive de me afastar do blog... Como estás minha linda? <3

Tiz disse...

Gosto muito do post e do blog :)

Andreia disse...

Não precisas de agradecer querida. E apesar de não o conhecer, espero mesmo que fique tudo bem com ele e com a mãe. Oh como senti cada palavra do que escreveste <3

Patrícia disse...

adorei!

Gabriela. disse...

ora essa <3
espero que sim :))
amei este texto!

nicolemorais disse...

A vida não desiste de ti, a menos que tu desistas dela. E como tu não o vais fazer...vão as duas lutar por sobreviver. Ouviste?

nicolemorais disse...

Vai (tem de) ficar tudo bem.

Amante Japonesa disse...

Adorei o post (:

Jun disse...

O que tem a mãe dele doce?

Jun disse...

Faltam 11 dias para eu e ela fazer-mos 2 meses meu amor <3 Obrigada por esse carinho enorme amor! Estou mesmo cheia de saudades tuas!

Patrícia disse...

obrigada princesinha!

nicolemorais disse...

Acho bem.
Faz faz! <3

Jun disse...

Estamos mesmo amor, estou super feliz! Ele deve de estar de rastos amor, ai :s Oh bebe e tenho mesmo!

Cláudia Ribeiro. disse...

De nada, eu é que agradeço :') Muito obrigada!

Cláudia Ribeiro. disse...

E então, como estás?

Cláudia Ribeiro. disse...

Estou bem querida (:
Queres falar?

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

olá minha linda, será que me podes ajudar a ganhar um concurso? :)

Gabriela. disse...

ora essa :)
tens razão <3

Amanda disse...

Great Post. I follow your Blog now.
Please follow me.
A.

dramaticmode.blogspot.it

Recomeçar disse...

Se soubesses o quanto me identifico com este texto :(

sophia disse...

fico sempre encantada com o que escreves doce

Daniela Castro disse...

oh obrigada princesa*

Joo disse...

"aqui, ainda"? :s <3

Jun disse...

Faz isso amor, faz mesmo isso! Ele deve estar de rastos! Como está o pai dele?

Jun disse...

Nem imagino como ele esteja meu amor...

Jun disse...

Continuo a ter saudades tuas, sabes?

Jun disse...

Como anda o teu coração, princesa?

Jun disse...

Também querida. No final de contas, é isso que importa, não é?

Jun disse...

É...

Jun disse...

Quando as pessoas começarem a importar-se mais consigo mesmas do que com os outros!

Jun disse...

Isso é que não. Temos de dar o exemplo! Mantermo-nos fortes!

Jun disse...

Tens pessoas que gostam tanto de ti ao teu lado meu amor!

Jun disse...

Recebeste amor?

Amante Japonesa disse...

escreves lindamente (:

Jun disse...

Esquece já vi que não... Vou repetir... Eu até te percebo... Queres alguém para ti não é? Queres que também te façam sentir uma princesa? Mas não tens de te sentir ridícula, então? Sentires-te ridícula é que te faz ridícula! És linda e é óbvio que queres que alguém trate da tua carência!

Cláudia Ribeiro. disse...

Ainda bem então (:

sophia disse...

obrigada eu doce<3

Nina disse...

É simples: a gente vive na base do medo e nunca se acostuma a isso. E sabe o motivo? Medo é psicológico.
Abraços.

Recomeçar disse...

Pois querida infelizmente identifico-me, mas há-de passar eu sei :)

Jun disse...

Eu percebo amor mas não te sintas assim aposto que eles gostam imenso de ti e não te sentem fardo nenhum! Eu também era me sentia assim, sabias? A diferença é que não fazia de vela, simplesmente não ia. Mas com a minha ex melhor amiga era assim, eles andavam há um ano e tal e eu sentia-me mal quando estava com eles os dois ou quando estava com eles no bus, eles agarrados e eu ali a desviar o olhar. Claro que não me sentia confortável. Era aquela que só aguentava relações de 1 mês quando a dela era de uma vida. Mas passou não passou? A minha felicidade chegou! O meu amor veio com ela e eu sou feliz princesa, estou feliz!

Aurora disse...

Obrigada eu amor <3

nicolemorais disse...

Olha, eu só queria que tudo ficasse bem, princesa...

nicolemorais disse...

Tenho dois rascunhos. Duas tentativas. Não saíram bem... E tu? Também tenho saudades de te ler <3

nicolemorais disse...

Somos duas. E sabes como vou fazer para combater isso? Escrever com mágoa.

nicolemorais disse...

Sempre solto umas palavras...

nicolemorais disse...

Não deixou <3

nicolemorais disse...

Fazia feliz, não fazia? Fazia-me tão bem..tão leve. Mas oh, não posso obrigar ninguém a ficar. Ele lá há de saber o que fazer. <3

B disse...

gostei muito do texto :)