pour toujours

29.7.12

Come Little Josefine In My Flying Machine ♥


Vejo as fotografias dos corpos despidos, através das lentes cor de laranja dos meus óculos. Questiono-me sobre o que lhes aconteceu. Se morreram antes do seu coração parar de bater. Se a mulher da fotografia à minha esquerda perdeu o amor da sua vida, e se matou. À direita, um homem que viu o pai morrer, num acidente de viação. E a morte. E o cerne da questão. Ouço uma multidão aclamar pelo meu nome, e vou à janela. Não, não é para mim. "Puta." "Vadia". Não, não posso ser eu. Fecho a janela com força e choro. Acendo um cigarro e deito-me na cama. Só vejo o vazio. Da cama. Da casa. Do corpo. Do coração.
Procuro pelo lado quente da cama que me alberga e não está lá. Há muito que os lençóis esfriaram. Há muito que ele se foi. Onde é que ele está, meu Deus? O meu desespero acumula-se em pequenas gotículas de suor que me escorrem pela face, misturando-se com o agridoce das minhas lágrimas. Eu perdi-o. Eu perdi-o. Corro para a rua, sem me importar com os pés descalços e com o roupão meio aberto. Olho para todos os lados. Vejo toda a gente, mas não vejo ninguém. Um homem alto choca contra mim. Olho para a sua cara e o mundo congela. É o mesmo homem da fotografia. "O seu pai morreu", digo-lhe. O homem pára, em espanto, e eu começo a correr. O roupão caiu, os pés sangram, mas não me importo. Corro meio mundo e acabo em lado nenhum. Onde é que ele está? Grito, até a minha garganta ceder ao desgaste e ao desespero. Caio. O meus joelhos também sangram agora. Vejo, mas nem sinto. Não te sinto. Onde foste? Porque partiste? Não tenho energia para mais nada. O texto? Vai ficar assim. O amor? Também. 

58 comentários:

Pedacinhos de mim disse...

A intensidade das palavras juntamente com a música deu-me um momento de prazer tremendo ao ler-te hoje. Adorei. Um Beijo :)*

disse...

adorei, obrigada pelo bom bocado passado!

catarina disse...

Consegui sentir todas as tuas palavras, de uma maneira única, agarrando-me do inicio ao fim do texto. Dizer que está lindo, é pouco.
Força*

catarina disse...

É só a verdade linda. Muito obrigada. Tenho a certeza que a tua hora ainda não passou, quem sabe esse amor ainda volte, por ser tão verdadeiro. Eu acredito que haja apenas um, e quando se o vive, é para toda a vida.

inês geraldes disse...

quero acreditar nisso, obrigada! <3

inês geraldes disse...

eu também! e tu como estás? <3

disse...

ui, obrigada linda. um amor és tu*

disse...

assim pode ser :p*

inês geraldes disse...

a sincera, óbvio!

Jun disse...

Que texto sincero!! Fizeste-me chorar e nem sei porque... Meu deus, dos textos mais lindos que já li, JURO!
ps. Meu amor, porque é que dizer que era das ultimas pessoas que imaginavas a passar por isto? Sim amor, venho ao teu encontro, esta descansada! Gmdt <3

inês geraldes disse...

conta-me!

inês geraldes disse...

oh, oh! comoveste-me princesa! eu sei que não é a mesma coisa, mas olha, tens-me a mim se precisares! e eu sei BEM o que isso é! uma das pessoas mais importantes da minha vida provavelmente vai para fora e eu não aguento isso!

Jun disse...

As 'aparências' iludem, ne?

Patrícia disse...

gosto sempre tanto do que escreves. nunca deixes o blog!

Joo disse...

Desculpa estive de férias com os meus pais, como estás querida? <3

Margarida disse...

quero acreditar que sim, obrigada amor <3
o q se passa ctg? queres falar?

catarina disse...

Se assim for, é porque não tinha de ser. Tens de ser feliz :)

Jun disse...

Adoro a tua musica!!! obrigada amor, obrigada por estares sp do meu lado! http://www.youtube.com/watch?v=Gct1MIYW5Ms <3

Gabriela. disse...

exacto, belíssima descrição :)
então que se passa? :o
amei o texto, escreves mesmo muito bem *-*

Jun disse...

És linda, obrigada por tudo!

Jun disse...

Faz parte da boa educação meu bem!

Jun disse...

Oh esta bom, gosto muito de ti!

wanna disse...

wow, foste tu que escreveste? :o
está tipo magnífico mesmo!

Jun disse...

muito!!!

Jun disse...

Amor, da-me o link do teu primeiro texto pff

Jun disse...

sim meu amor!

Joana Filipa disse...

tenho andado bastante ausente, e não tenho tido tempo para vir aqui.
minha linda, o que se passa? agora fiquei mesmo preocupada :x

Jun disse...

também não consegui amor ): e não digas baboseira!!

Joana Filipa disse...

pensei que fosse outra coisa, princesa.
bem, tu já sabes o que digo disso não é? há dias, aconteceu-me uma coisa assim parecida com o meu ex-namorado. mas digo-te uma coisa: nós somos fortes! e acredito que conseguiremos ultrapassar isto! mesmo que demore muito, muito tempo. estou contigo, e tu sabes <3

Jun disse...

em Setembro o que? o:

Jun disse...

ohhhh shit, este é o teu primeiro texto? oh shiiiit, o primeiro texto que puseste no blog? espera... estou perdida!

anamendes disse...

adorei, sigo :)

inês geraldes disse...

custa muito! obrigada <3
olha, como é que editaste a imagem que tens como título do blog?

Jun disse...

continuo perdida...

Joana Filipa disse...

tens de ter força, e tentar seguir a tua vida como ele está a fazer.

Jun disse...

não tens de agradecer!

anamendes disse...

perfeito! desde os textos magnificos, ás músicas, ao título :)

Gabriela. disse...

ai, eu pensava que tu eras a namorada dele, desculpa.. Tens de ter força, vai tudo passar, vais ver <3
não tens de agradecer, é exactamente o que eu acho, a tua escrita é espectacular !

Joana Filipa disse...

qualquer coisa, diz-me <3

Jun disse...

oh, só quero que reconheçam o teu talento!

inês geraldes disse...

obrigada!

Jun disse...

pronto vá, jeito!

Jun disse...

não agradeças please )):

Gabriela. disse...

oh linda, lamento tanto imagino o que estás a passar, força <3
não tens de agradecer :)

Joana Filipa disse...

<3

Gabriela. disse...

mas não te podes habituar a sofrer :c

Jun disse...

hum, estas perdoada! oh amor, estou-me a passar com uma cena... não consigo expor as minhas etiquetas...

Gabriela. disse...

oh minha linda, mas quantos anos tens? aposto que ainda és muito nova para sofrer assim, tens de aproveitar a vida, acredita que vais superar, acredita que vais ser feliz <3

Jun disse...

nova!

rrrute disse...

oh muito obrigada! eu não necessito que comentem, saber que gostam dele já me é suficiente. :)

Jun disse...

mas esta tudo ok ai linda

Gabriela. disse...

eu não me rio, porque compreendo linda, eu tenho 16 e só agora tive o meu primeiro amor, a sério, e também sinto que vai ser para sempre, por isso compreendo-te linda, mas tens de aproveitar a tua juventude para seres feliz, pois a vida passa rápido e quando olhares para trás vais ver o que desperdiçaste , tens de ter força e tentar esquecer se não der, ou lutar se achares que ainda vale a pena <3

Ritz disse...

uau, fiquei boaquiaberto. ESTÁ LINDO QUERIDA!

Jun disse...

fds, irrita-me tanto! parou de dar quando mudei o tema!

Joo disse...

Tens de me dar o nome do filme querida! E sim interessa-me como estás, por isso toca a falar! E sim diverti-me imenso <3

Margarida disse...

entao? :s

Mafalda Sofia disse...

sempre tão querida! obrigada a sério, nem tenho palavras <3

- Patrícia Barros ॐ disse...

oh meu deus, escreves tão bem querida.. e acabas-te de ganhar uma nova seguidora! vou ler mais uns quantos textos teus e seguir-te e passar várias vezes por aqui.. as atração das tuas palavras é super grande , gostei :)
um beijinho*