pour toujours

23.7.15

I Want You So Bad Babe


Se quisesse, estava aqui a escrever infinitamente e não me cansava, não esgotava as palavras nem tudo aquilo que tenho para te dizer. Tenho tanto para te dizer, que, em todo o tempo do mundo, não te conseguiria dizer nem metade. Não me farto de dizer o quanto estou apaixonada por ti, o quão bem me fazes sentir, as vezes que me arrepias sem dar conta e as vezes que fico a olhar para ti sem te aperceberes. Penso tantas vezes na sorte que tenho por ter encontrado não uma pessoa como tu, mas tu. Tu. O original, a versão perfeita daquilo que precisava para mim. Não sei que bem é que fiz numa outra vida passada qualquer para ter o privilégio de te ter comigo nesta vida. Não sei mesmo, mas mesmo quando não te mereço, gosto de continuar a pensar que sim, que és meu e que sou tua... E nem imaginas como me sabe bem dizer isso. Tua. Como quero ser sempre, como vou fazer tudo para que nunca deixes de me querer, para que nunca deixes de sorrir por eu estar ao teu lado, de mãos dadas contigo, a apoiar-te, a segurar-te, a olhar-te, a querer-te. Salvaste-me. Quero-te.

1 comentário:

nicolemorais disse...

Tu mereces muito isto. E este dia ia acabar por chegar. Agora vive-o para sempre ❤