pour toujours

7.5.12

I'll Seek You Out ♥


Queiroz, 
Escrevo-te pela primeira vez directamente. Gosto tanto de ti. Sim, é verdade que as nossas palavras colidiram em mais do que muitas ocasiões, mas ainda aqui continuamos, não é assim? E quero que continuemos por muito e muito mais tempo. Se possível, para aquilo a que chamamos de "eternidade". Sei que não acreditas no "para sempre", mas podemos tentar elevar a nossa amizade até lá?
Não sei se ao leres estas minhas palavras te estás a perguntar porque decidi escrever-tas agora, e tão assim sem aviso. A verdade, é que todos estes vocábulos a ti dirigidos têm um propósito.
É verdade. Estou preocupada contigo. Pressinto em ti uma aura que antes me seria impossível sequer imaginar no teu coração. Por falar em coração, sabes onde está o meu? Nas mãos, por não saber se estás bem. Sinto falta do teu sorriso e gargalhadas maravilhosos. O brilho que tinhas nos olhos, desapareceu. Sabias que sempre te admirei? Sempre admirei o facto de conseguires enfrentar a tristeza com esse brilho no olhar. Não sei onde ele anda, e bem que iria até ao fim do Mundo para o encontrar e poder devolver-to. E irei, se assim o desejares, meu anjo. Estou assustada. E sei que também estás, mas prometo que te consolarei, e juntas, afastaremos todos os fantasmas que teimam em pairar sobre nós. Já te ouvi dizer que fizeste muito mal a ti própria, e que te arrependes disso. Pergunto-me se haveria algo que eu pudesse ter feito para evitar toda essa amargura que percorreu o teu corpo. Questiono-me se não sou eu que sou uma amiga terrível, que não consegue ver quando alguém que lhe é tão querido, precisa de ajuda. Falhei, mas não quero mais falhar. Quero salvar de ti o que precisar de ser salvo e sorrir contigo. Sempre que nos apetecer.
E não quero que desapareças. Quero que fiques aqui. Comigo e com todos nós que gostamos tanto de ti. Preciso de ver o teu sorriso magnífico, que sempre me garantia que tudo iria ficar bem. Todos precisamos de ti e do teu brilho fantástico. Vem cá, e eu cuido da tua alma.
E eu amo-te, mesmo que às vezes não pareça.

16 comentários:

Ana Margarida disse...

Obrigada, meu amor e oh, que lindo <3

Cláudia Ribeiro. disse...

de nada e obrigada também*

nicolemorais disse...

não tenho palavras. tiveste tanto dom para lhe escrever. e eu sei que a vossa amizade pode elevar-se. está do lado dela, amor, ela vai adorar!

m. disse...

que lindas palavras que utilizaste. espero que alcancem tudo o que desejarem e olha, tu não falhaste. tenho a certeza que não! <3

patrícia disse...

gostei!

-M. disse...

oh minha linda, eu tenho mesmo de o apagar, é o melhor :c, claro que temos de manter contacto estarei sempre aqui para ti <3
oh eu lamento tanto, ele não te merece querida, não merece a tua tristeza e não mereceu a oportunidade que lhe deste, mas olha ele vai arrepender-se vai ver que perdeu uma pessoa espectacular e aí já vai ser tarde para ele e tu já vais estar feliz, que é o que tu mereces <3

patrícia disse...

obrigada digo eu :')

Ritz disse...

Adoreiii, disseste tudo! Sigo-te. Beijinhoo*

Ana Margarida disse...

Tem custado, meu amor.

silver disse...

adorei *----*

Ritz disse...

Espero que sim, tem sido difcil

Ritz disse...

ohhhh <3

Ana Margarida disse...

Espero que sim .. Como estás tu, doce?

silver disse...

não são tão boas como as tuas, acredita anjo.

caroline pipi disse...

muito obrigada, querida *

nicolemorais disse...

eu sei, meu amor, amo-te muito e obrigada<3