pour toujours

25.5.12

And I Don't Love You Anymore ♥


Sinceramente, isto já não dá com nada.
A tua história, a minha história, o holograma do que poderia ter sido uma história de amor.
Às vezes, sinto-me como num filme. Como se tudo isto não passasse daquele período  durante o qual todos os espectadores sentem compaixão pelo par que teima em não ficar junto de uma vez. Aquela altura da película em que toda a gente torce para que eles se encontrem magicamente numa estação do metro, e que pelo desenrolar dos acontecimentos, partilhem um beijo. E depois uma vida. Mas quem é que eu estou a tentar enganar? A vida não é como nos filmes. Não somos felizes para sempre. Nem para agora, quanto mais para sempre. Nos filmes, nada pode acabar mal, ou os espectadores sairão desapontados. A história trágica fá-los-á sentir-se um pouco vazios, sem sentido. Como se questionassem as leis da atracção. E ninguém se quer sentir assim. Ninguém quer sentir pena das duas personagens principais, porque, coitadinhas, não acabaram juntas. Não, na vida real nada é assim. Temos espectadores, sim. Temos aqueles que torcem para que tudo acabem bem, e temos aqueles que só tentam destruir o que já existe nos dois peões que a vida leva por aí. Normalmente, esses espectadores são mais activos do que passivos. E é assim que acabam as histórias de amor. As histórias de amor, que nunca passaram de filmes de drama de classe B que ninguém quer ver.   
O mar não é salgado. O céu não é azul. E eu não te amo.

22 comentários:

nicolemorais disse...

oh, pois não é, mas a história é o que ainda restar dela, ainda que seja dentro de ti.
e o texto está fantástico, mas ambas sabemos que há aí uma simples frase que não é verdade. e eu sei que é para te tentares convencer de que pode ser verdade, mas enquanto não for, não te enganes.

nicolemorais disse...

está fantástico, sim.
pois pode! <3

Pedacinhos de mim disse...

Quando se sente fica sempre a recordação e isso faz com que tudo seja "para sempre" nem que seja nas memórias. Gostei muito do post. Um Beijo :)*

Lolita disse...

adorei*

Patrícia disse...

está lindo!

Maria João Cardoso disse...

GERAL: meus queridos seguidores, eu peço imensa desculpa pelo que se passou no outro blog mas parece que me roubaram a password. não eliminei o blog, muito pelo contrário, descobri quem foi e decidi continuar a publicar para mostrar a esse tipo de "pessoas" que eu e o meu namorado continuamos bem unidos. aqui está:
http://amasme-morcao.blogspot.com

// e desculpem o sucedido, tentarei que não volte a acontecer, obrigada pela preocupação da vossa parte.
amo-vos <3

nicolemorais disse...

contigo, só dá o fantástico, sorry.

m. disse...

Bora beber água do mar e pintar o céu de preto. Ah, e eu vou dizer que não te amo porque sou uma mentirosa. Vou dizer que não quero ser uma espectadora da tua vida, porque isso não é importante para mim. Consegues ler tudo ao contrário? Eu consegui, porque precisei para este texto. <3

m. disse...

Odeio-te mais e mais. <3

backtodecember disse...

amei o texto, e o post está fantástico :) adoro o teu blog

m. disse...

Mas tenho saudades tuas. Porque a partir do momento em que te pude contemplar fisicamente, sorrindo para ti, as saudades batem à porta do coração. E ter saudades chega a doer um bocadinho. Mas como disse, é uma dor saudável. Porque eu gosto dela, assim como gosto de ti. Gosto de ter saudades tuas, porque assim poderei matá-las. E não vejo a hora de fazê-lo. Não vejo o momento em que possa, de novo, abraçar-te. Foi mágico. Não se explica. <3

Tiamat disse...

e eu gosto muito de ti, obrigada por tudo <3
fiquei super surpreendida com este texto (:

Cinda disse...

Mais um texto lindo querida, adorei (: A maneira como escreves é unica! E já agora, muita força meu anjo (:

Cinda disse...

Mais um texto lindo querida, adorei (: A maneira como escreves é unica! E já agora, muita força meu anjo (:

Ana Margarida disse...

A ultima frase está tão perfeita. Sê forte, meu amor.

Lúcia Pereira disse...

gostei :))

- Susana . disse...

que lindo!

Catarina F ;) disse...

ohh, gostei do texto minha querida ;D
Quando uma pessoa gostou mesmo fica sempre a recordação e isso faz lembrar sempre...;S

Ana Margarida disse...

Que linda, que linda <3 é tão bom saber isso!

Ana Margarida disse...

Ora, ora! Somos <3

Ana Margarida disse...

És linda!

Catarina F ;) disse...

Claro querida ;)
Mas olha, força nisso ;D Se precisares de alguma coisa avisa ;)